segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Missões únicas


      Rio de Janeiro, 22 de maio de 1962.

            Alberto,

      Olá pequeno viajante deste mundo. Devo começar esta carta com uma simples pergunta: "gostou da sua estadia?". A maioria dos que estão ao meu redor reclamam do pouco tempo que tiveram, da falta de oportunidades e o desconhecimento do amor. Culpam-me por tudo, dizem que sou negra e do mal, pois lhe digo agora para não haver confusões mais tarde. Não sou maligna, realizo apenas o trabalho que foi designado a mim, não tiro a vida das pessoas, apenas as acolho quando não há mais o que fazer na Terra. Concordo que muitos me acompanham cedo demais, mas não por minha culpa. Pessoas ingratas, ignorantes, que não encontram um equilíbrio na vida acabam por aqui antes. Agora você se indaga que muitos artistas se foram antes dos trinta anos, explico-lhe o porque. Algumas pessoas nascem destinadas a fazer algo grandioso, mas elas tem tanto potencial que espalham a sua mensagem rapidamente, e convencem até os mais céticos. Essas pessoas, em determinado ponto, já completaram a sua missão e não têm mais aquela vontade de continuar. Só que você deve lembrar que eu não trabalho sozinha, o meu chefe fez os humanos para que vivessem por várias décadas, alguns chegam a um século, para concluir o seu encargo. Quando ele é completado muito cedo, elas recorrem a métodos inseguros para tentar, de algum jeito, chegar à uma novaa missão. Então, o problema é este, as pessoas só tem uma incumbência na vida, e nada fará que ela ganhe outra. Respondendo, finalmente a questão, os que chamamos de artistas morrem mais cedo pela busca incansável de algo novo para se fazer, pois vocês, humanos, não conseguem ficar parados no tempo. Quanto aos ignorantes que chegam por aqui mais cedo, eles simplesmente não aceitam a sua função, e querem mudar rápido demais. Estes são levados para não desequilibrar o mundo.
      Tem aqueles que não possuem oportunidades de florescer, nasceram pobres, em uma família desestruturada ou até com boa condição, mas com falta de vontade. O que eu posso fazer por eles é só apressar um pouco mais, para que a dor deles não seja tão grande.
      Voltando para o meu questionamento sobre a sua estadia, sei que soube aproveitar a missão que lhe foi dada. Agora, posso lhe dizer qual foi: "Faça os homens rirem, pois entre os ludíbrios das suas ideias eles se tornam amargos. Através do riso dará ao homem a esperança, conhecerá o interior deles, e aquietará suas intranquilidades. Sua missão é expandir o bastante até atingir cada recanto onde haja escuridão, e levar aí a luz." Parabenizo-o por ter a cumprido tão bem, e antes que se pergunte como você a fez, peço para lembrar da sua infância, dos seus conselhos, das suas piadas. Quando adulto, recorde-se do seu trabalho, as casas que fez que alegraram tantas pessoas, o tanto de conhecimento que teve sobre o interior das pessoas, para que elas se sentissem seguras nas suas casas. Agora, busque em sua memória a última coisa que fez antes de sua amada partir. Você a fez sorrir. Mesmo com todas as doenças, comigo ao lado dela, a sua paixão se perdendo, você a fez se alegrar.
      Estou orgulhosa de você, meu amigo, e é por isso que hoje chego tão tranquila à você. Sei que mesmo sabendo que a sua hora chegou, sorrirá para mim, pois esta é a sua missão, está é a sua vida.

                                    De uma amiga acolhedora,
                                                                Morte.

4 opiniões:

Herlene Santos - DEScomplicando disse...

Adorei cada pedacinho desta carta ;) Que delicadeza para falar de um assunto tão sério. Parabéns!

http://ahoradevirarborboleta.blogspot.com/

Herlene Santos - DEScomplicando disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anny Diniz disse...

cara, a carta é emocionante, realmente uma delicadeza incrível com um assunto tão pesado !
você escreve divinamente bem (:

ah, venho te parabenizar por ter se esforçado tanto e conseguido ganhar o concurso, peço que me envie seu email assim que puder, para tratarmos do recebimento dos prêmios, e se você vai querer todos. lay, divulgação e entrevista !
espero que envie loogo.

beijinhos da anny diniz ;*
http://leideanediniz.blogspot.com

Isabela disse...

Oi.amei seu blog.Parabéns!!
Seguindo....


http://gifsbybela.blogspot.com

Não seja um leitor silencioso. Comente!