segunda-feira, 26 de abril de 2010

A vingança


   As coisas estavam diferentes, se ajeitando, entrando nos conformes. Eu finalmente tinha aprendido a me controlar, falar baixo, ser uma menina normal.
   Continuava tendo os mesmos pesadelos, uma casa luxuosa e agora destruída. Marcas de sangue pelas paredes e carpetes, as janelas arrebentadas e as portas com perfurações profundas, era o pesadelo todas as noites.
   Na noite de lua cheia veio novamente o mesmo pesadelo, mas com mais detalhes, mais marcas e o endereço. Levantei assustada e esfreguei os olhos, já era hora de descobrir o que estava acontecendo.
   Coloquei a primeira roupa que vi, peguei minha mochila e deslizei pelo corrimão. Abrindo a porta dei de cara com Beatriz, com o punho fechado para bater na porta. Sem questionamentos puxei Beatriz pelo braço e entramos no carro.
   -Eu sei que não dá para explicar, mas eu venho tendo pesadelos desde que eu era pré-adolescente e agora eu quero descobrir o que este sonho significa. Eu sei que você pode não entender muito bem o que esta acontecendo, mas saiba que eu ainda sou sua amiga, você ainda me considera sua amiga?
   Ela balançou a cabeça em sinal positivo enquanto eu continuava com meus olhos vidrados na estrada. Foi uma longa viagem e chegamos de manhã, parei o carro e acordei Beatriz já toda babada. Entrei devagar na casa, esperando algum sinal aparecer. Beatriz parecia estar se divertindo, pulou na janela e começou a balançar as pernas.
   -Por que estamos aqui mesmo?
   -Fica quieta!
   Olhando entre os cômodos fiquei estatelada ao ver uma coisa muito incomum. Um homem meio lobo estava preso em sinal de cruz e na parede estava escrito com sangue ‘eu voltarei’. Enquanto olhava aquele homem que mais me parecia um lobisomem todas as lembranças voltaram a minha mente: meus pais, minha infância, os pesadelos, as noites em claro e com dor, tudo.
   -Quem fez tudo isso? As janelas quebradas, as paredes com buracos e as portas arranhadas?
   -Fui eu.

(Continua...)
--

Pauta para Bloínques, 14ª edição visual. Tema: A foto do texto.

4 opiniões:

Gutt e Ariane disse...

Teeeeeeeenso!! Hitchcock que se cuide viu!!

Carô disse...

aaaaaaaaaah que shoow :O IDIOASHDOHASID adorei, sério mesmo :D

Chris disse...

Meu que texto!!!!!
Fiquei presa nele até o fim e eu epreciso da continuação!

Danii disse...

Tensoo ç_ç UIASHIHAIUHSUIA
Meu, tenho muito medo dessas coisas, de ter pesadelos e sonhos estranhos e de significarem algo :o
UHASIHSUAHSUIHSA

Não seja um leitor silencioso. Comente!